Instituto do Animal

Para nós os cães são todos iguais, mas, por imposição legal, algumas raças merecem treino especial

A origem genética e as experiências vivenciadas por cada cão determinam o modo como este se desenvolve e interage com os seus donos, outras pessoas, outros cães e outros animais.

pitbullrotNa origem dos comportamentos agressivos de um cão estão maioritariamente o medo e o stress, os quais podem ser potenciados por factores como:

  • Experiências traumáticas;
  • Falta de socialização (ou mal conduzida), especialmente durante os primeiros quatro meses de vida;
  • Falta de treino;
  • Prática de treino baseado em métodos e/ou equipamentos aversivos;
  • Entre outros.

Para conhecer o enquadramento legal dos animais “perigosos e potencialmente perigosos”, visite o website da DGAV – Direção-Geral de Alimentação e Veterinária, aqui.

No Instituto do Animal as raças designadas na lei como “potencialmente perigosas” podem participar em aulas de obediência e socialização em função da idade  – contacte-nos para conhecer os horários disponíveis.

Também oferecemos treino individual, no Instituto ou no domicílio.

O agendamento de uma ou mais sessões de treino constitui uma pré-reserva.

A garantia de disponibilidade por parte do treinador para os dias e horas desejados requer o pagamento prévio, tanto no caso dos pacotes, como no caso das sessões avulsas.

O pagamento pode ser feito por transferência bancária dirigida ao Instituto do Animal, através do IBAN PT50.0018.0003.377.2421.8020.12. Por favor envie-nos o comprovativo de pagamento para o endereço treino@institutodoanimal.pt, com indicação do serviço a que respeita. Alternativamente, pode visitar-nos no Jardim do Poço do Bispo, em Lisboa, e pagar por Multibanco ou em dinheiro.

O recibo ser-lhe-á enviado por email.

Conheça a nossa política de cancelamentos e outras condições – peça-nos o regulamento.

pay

Rua David Leandro Silva 24
Jardim do Poço do Bispo
1950-064 Lisboa
Tlf: 21 868 0421
email@institutodoanimal.pt

Newsletter

Receba as novidades em primeira mão.
Subscreva a nossa newsletter.

Siga-nos no facebook

top
© Instituto do Animal